Transparência do vidro faz arquitetos e profissionais o incluírem em projetos sustentáveis

Utilizar a energia elétrica com eficiência significa combater o desperdício, consumindo apenas o necessário e preservando os recursos naturais do planeta. Com pequenas mudanças nos nossos hábitos e atitudes, podemos gerar grandes resultados e contribuir para a formação de uma sociedade mais sustentável. A transparência do vidro resulta numa melhor iluminação natural nos espaços, o que traz economia com energia elétrica. Essas vantagens talvez sejam as mais aparentes para muitas pessoas. No entanto, a aplicação do vidro hoje em dia vai muito além disso. O avanço na tecnologia permitiu o desenvolvimento de vidros de alto desempenho como os autolimpantes e os de controle solar e acústico. Todos comprometidos com a preservação natural.

Vidro em projetos sustentáveis

A discussão sobre sustentabilidade está cada vez mais presente na construção civil, profissionais do setor buscam constantemente alternativas para que uma edificação influencie o menos possível no meio ambiente. Certificações que verificam se uma obra é ou não sustentável, começam a ser emitidas para obras brasileiras e comprovam o movimento do setor em busca de uma arquitetura alinhada com as necessidades do planeta. Por causa de sua versatilidade, o vidro é um material que tem conquistado espaço importante nas pranchetas e planilhas dos profissionais dedicados a conceber projetos certificados (construção verde).

Os vidros de controle solar, utilizados nas fachadas e coberturas, têm a função de filtrar os raios solares por meio da reflexão da radiação em todas as suas frequências. Isso faz deles grandes aliados do conforto ambiental e da eficiência energética nas edificações, pois permitem uma redução do uso de ar-condicionado, proporcionando menor consumo de energia elétrica.

Guarda corpo 3

A tendência no segmento de vidros de controle solar são os produtos de baixa reflexão e de altíssimo desempenho, os vidros seletivos. Eles possibilitam a redução da entrada de calor no ambiente ao mesmo tempo em que controlam a transmissão luminosa, tudo com uma reflexão quase tão pequena quanto a de um vidro comum.

Também em ascensão e igualmente úteis na busca de projetos sustentáveis, os vidros com propriedade autolimpante reduzem a necessidade de limpeza e permitem economia no consumo de água e de despesas com produtos contribuindo com a natureza ao dispensar uso freqüente de detergentes. Além disso, oferecem vantagens como proteção contra os raios UV (ultravioleta) e visão sempre nítida, mesmo em dias chuvosos. Isso porque sua superfície não acumula sujeiras, como ocorre com os outros produtos similares.